SINASEFE é recebido pelo CONIF Imprimir

Um dia após o governo anunciar sua indisposição de negociar com os docentes uma proposta de acordo, o SINASEFE foi a sede do CONIF pedir apoio dos reitores dos IF’s de todo Brasil para que a mesa de negociação com os docentes seja reaberta.

O CONIF foi testemunha presencial quando o SINASEFE demonstrando todo interesse em manter as negociações com o governo em busca de um acordo para acabar a greve da educação o governo de forma unilateral encerrou as negociações com as entidades representativas, anunciando sua disposição de transformar sua proposta em PL pra ser enviada ao Congresso Nacional mesmo esta sendo rejeitada por todas as assembléias realizadas no país.

Nas críticas do SINASEFE apresentadas na conversa com o CONIF sentimos inclusive que existe convergência entre várias posições do SINASEFE e da entidade que representa os reitores das nossas instituições, podemos citar: a barreira do estágio probatório para ascensão dos especialistas, mestres e doutores, a quebra da autonomia dos IF’s quando em vários assuntos o MEC retira o direito das instituições e seus órgãos definirem com autonomia sua política.

O SINASEFE reiterou seu interesse em negociar com o governo e como entidade representativa dos docentes e técnico-administrativos dos IF’s de todo Brasil, não se furtará de apresentar ao governo brasileiro uma contraproposta dos trabalhadores, bastando para isso receber a proposta do governo para os técnico-administrativos, já que recebeu apenas proposta para os docentes.

Foi solicitado ao CONIF que assim que o SINASEFE elaborasse sua contraproposta iríamos procurar o CONIF para que o mesmo pudesse ser mais um interlocutor entre nossa entidade e o governo na busca de um acordo que realmente possa acabar com a nossa greve.