GOVERNO REAPRESENTA PROPOSTA DE TABELA DOCENTE (ATUALIZAÇÃO 2) Imprimir

alt

O governo voltou apresentar a sua concepção de “reestruturação” de carreira que, em essência, resume-se a uma tabela com correção salarial, a ser implementada no decorrer de 3 anos. Foram debatidas, ponto a ponto, as questões em que o governo considerou ter cedido em relação as nossas ponderações na mesa anterior.

Porém, o que o SINASEFE e ANDES puderam perceber é que o governo continuou a reapresentar a sua proposta anterior, que desestrutura a atual carreira, e ainda mais, mantém as mesmas barreiras às progressões dos docentes. Ao se pronunciar, o Secretário de Educação Tecnológica do MEC, Marco Antônio, usou a seguinte expressão: “chegamos na beira da bica”, enfatizando que aquela proposta chegou, ao seu ver, no limite, dizendo que o governo está preocupado com o andamento da greve, com isso deixando transparecer o seu desejo de retorno às atividades laborais para o início do segundo semestre. O SINASEFE prontamente lembrou ao secretário que as discussões sobre reestruturação de carreira já se arrastam por muito tempo, antes mesmo de sua recente aparição à mesa e até de seu curto tempo à frente da secretaria. Além disso, o SINASEFE lembrou ao secretário que se alguém pagará por essa greve será o Governo DILMA e não, as entidades.

alt

Com tudo isto, o governo quer remeter vários pontos não negociados para novos GT’s, como: critérios para as promoções entre classes, diretrizes para avaliação de desempenho para fins de progressão, critérios para a fixação de professores em locais de difícil lotação, etc.

Ao final da reunião, para surpresa do SINASEFE e ANDES, ao discutirmos uma próxima data para um retorno da mesa, um impasse foi gerado por outra entidade presente. O Sr. Sérgio Mendonça (SRT/MPOG) propôs reunir-se em separado com a tal entidade, o que foi prontamente rechaçado pelo SINASEFE e ANDES, ficando a próxima reunião para o dia 01 de agosto, às 21h.


Confira as tabelas atualizadas, para os professores do EBTT (TABELA DESATUALIZADA, VER ATUALIZAÇÃO 2).


ATUALIZAÇÃO (25/07/2012, 15:22): Confira os aspectos conceituais da contraproposta do governo. Em breve publicaremos uma análise da Direção Nacional e do Comando de Greve.


ATUALIZAÇÃO 2 (26/07/2012, 11:48): Foi feito uma correção por parte do governo na tabela da contraproposta dos professores EBTT, nela há alterações no Vencimento Básico do nível D-IV para 40 horas e Dedicação Exclusiva.

 


COMANDO NACIONAL DE GREVE

SINASEFE