Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias
Um ano de muitos enfrentamentos termina e outro com mais lutas se aproxima!
Publicado por Mário Júnior - Ter, 24 dez. 2013 14:51
alt

As lutas da classe trabalhadora em 2013, sobretudo após as jornadas de junho, demonstraram que nossa força é gigantesca e ela amedronta o Estado e as classes dominantes.

Não foi gratuitamente que o Governo Dilma Rousseff cedeu espiões da ABIN aos Governadores Sérgio Cabral e Geraldo Alckmin. O aumento da repressão e da espionagem contra os movimentos sociais; as prisões arbitrárias e por motivação política; e a desproporcionalidade no uso da força policial são sinais de como a luta de classes está num estágio de agudização.

Num Estado dito democrático não soa como plausível que manifestantes de causas sociais justas tenham sofrido tamanha retaliação, enquanto que corruptos condenados saem da cadeia com discursos da Presidente de que se trata de uma "causa humanitária" ou com ofertas de emprego de R$ 20 mil.

O Governo está na defensiva desde os protestos de junho, por isso a legalização da nossa criminalização, com as Leis de Segurança Nacional (que transforma a luta dos/as trabalhadores/as em terrorismo) e Antigreve tornaram-se prioridades dos "nossos" legisladores.

Em 2014, com a Copa da Fifa e todos os olhares do mundo voltados para o Brasil, além de ser ano eleitoral, farão de tudo para nos silenciar e impedir nossas lutas. Mas nós não iremos retroceder!

Temos uma Greve para começar a construir e vamos exigir do Governo o fim da precarização do nosso trabalho, ganho salarial real, democratização das IFEs e uma Carreira Unificada e digna, sempre traçando as lutas do nosso Sindicato como mediação de uma ainda maior: a luta pela emancipação da classe trabalhadora!

Lembremos das lições de 2013 e que venha 2014. Ano que vem vai ser maior!