Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias
30 de agosto é dia de unidade de luta nacional

Mediante tantas retiradas de direitos, tantas vozes e batalhas ignoradas, o povo se revolta e retorna a reivindicar os direitos usurpados nesta sexta-feira, 30 de abril. Desta vez as diversas categorias de trabalhadores estão unidas a cobrar do governo políticas públicas e derrubadas de PL´s e leis que somente nos prejudicam.

Neste Dia Nacional de Paralisações e Manifestações, o Sinasefe Nacional conclama todos nossos trabalhadores da educação a interagirem em seus municípios e estados com os movimentos trabalhistas, classistas e sociais para agregar experiências de luta. É momento de reforçar estratégias contra as práticas capitalistas dos grandes empresários que segmentam a classe trabalhadora e que criam artifícios para seu enriquecimento desenfreado.

Enquanto isso na Rede Federal de Ensino, o salário do professor continua a ser injusto e desmotivador; os técnicos-administrativos lutam para que haja a isonomia de carga horária, com 30h semanais em todas as instituições; nossos servidores são expostos a condições de insalubridade e periculosidade e nada é feito para solucionar tais problemas.

Assim como a 117ª Plenária deliberou, a nossa participação pelo país será multiplicada por meio da unidade aos fóruns estaduais e/ou municipais com todas as nossas reivindicações e que exijamos, também, a audiência para discutir com o governo a Campanha Salarial 2013 do Fórum dos Servidores Públicos Federais, ao qual o Sinasefe é membro.

No intuito de aferir as atividades mobilizadoras da nossa base, pedimos aos trabalhadores que enviem relatos, notícias de cobertura e fotos para a Direção Nacional, e-mail: dn@sinasefe.org.br

Desta vez, o Sinasefe juntamente com a CSP-Conlutas tem expectativa de que o Dia 30 de agosto de 2013 será um movimento mais fortalecido, superando o último dia 11 de julho, com uma proporção de trabalhadores ainda mais engajados e embasados acerca das bandeiras. É preciso aproveitar este grande Ato para combater às praticas antissindicais comprovando que a força da unicidade das categorias faz a diferença.

Trabalhadores: vamos à luta por melhores condições e contra as práticas capitalistas!

Última atualização em Qui, 29 ago. 2013 13:56