Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias
Seminário em Porto Alegre reforça mobilizações unificadas

   Nos dias 17 e 18 de julho, foi realizado o Seminário Nacional realizado em Porto Alegre – RS, reunindo uma importante delegação composta por dirigentes e ativistas sindicais de 13 estados brasileiros e do Distrito Federal, totalizando mais de 200 participantes. O Sinasefe esteve presente colaborando com o processo de construção para as atividades de 6 de agosto (Paralisação Nacional contra as Terceirizações) e 30 de agosto (Dia Nacional de Paralisações e Greves).

  O Seminário teve duas mesas de debate. A primeira foi composta por representantes da CSP-Conlutas, da corrente "A CUT Pode Mais" e do setor majoritário na direção da Condsef que debateu a conjuntura política e as tarefas colocadas para o próximo período. Já na segunda mesa de debates as cinco entidades puderam falar da sua experiência de organização e perspectivas.

 Ao final, por aclamação, foi aprovada a resolução abaixo, fruto de uma primeira síntese, construída em acordo pelas organizações que convocaram o Seminário:

1 – Desencadear nacionalmente um esforço de preparação pela base da Paralisação Nacional de 30/8, passando pela realização de ações dia 6/8 (terceirizações).

2 – Na construção da Paralisação Nacional, além da defesa da pauta unitária definida pelas centrais sindicais, devemos levantar um programa que aponte as mudanças de fundo que são necessárias. Que questione o modelo econômico vigente e os governos que o aplicam. Isso vale particularmente para o governo Dilma, mas vale também para os governadores dos estados e prefeitos (de todos os partidos).

3 – Confeccionar um jornal com este conteúdo (convocação do dia 30, pauta, programa etc.), assinado pelas cinco organizações que promoveram este seminário, a ser amplamente distribuído em todo o país. Fazer também cartaz e adesivo.

4 – Realização em todos os estados, de plenárias convocadas por estas entidades, abertas a participação de todos os setores que queiram integrar-se à organização da paralisação de 30 de agosto, dentro da perspectiva que definimos aqui.

5 – Ao adotar todas estas iniciativas, o nosso objetivo é, no processo da luta que estamos tratando de impulsionar, fazer avançar a unidade para a construção de uma nova direção para a luta da classe trabalhadora. Por isso é importante que nos apresentemos de forma independente das demais centrais sindicais (a firmeza na organização da luta, a disputa em torno ao programa, o jornal apresentando um perfil diferenciado).

6 – No curso da preparação da Paralisação Nacional de 30/8 e imediatamente depois desta data, as organizações que organizaram este seminário vão reunir-se para discutir os próximos passos e a continuidade do processo de mobilização (as lutas gerais, e também as específicas, como as campanhas salariais do segundo semestre) mantendo a perspectiva da greve geral.

O Seminário foi convocado pela CSP-Conlutas, "A CUT Pode Mais", Feraesp (Federação dos Empregados Rurais Assalariados do Estado de São Paulo), Condsef (Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal) e CNTA (Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins).

* Informações CSP-CONLUTAS (leia mais aqui)

Última atualização em Sex, 19 jul. 2013 16:51