Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias
Governo intransigente não quer negociar

Em resposta à intransigência do governo, SINASEFE, ANDES-SN, FASUBRA e representantes do movimento estudantil (UNE, ANEL, Oposição da UNE) discutem a resistência do setor da Educação


alt

Nesta sexta-feira (1°) de junho, na sede do SINASEFE, reuniram-se representantes do SINASEFE, FASUBRA, ANDES e REPRESENTANTES DO MOVIMENTO ESTUDANTIL, com a finalidade de debater a unificação da luta e os rumos da greve dos servidores federais que está sendo construida como resposta ao governo.

O SINASEFE com a experiência dos 75 dias de GREVE em 2012, sabe da importância da UNIDADE dos trabalhadores. Nesse sentindo, reuniões como esta tem uma dimensão enorme para construir possibilidades de vitórias. Além, de asseguramos a participação massiva dos setor da educação foi discutida a formação de uma Coordenação de Luta da Educação Federal, que deve ser reproduzida nos estados afim de asseguramos ações comuns em defesa da EDUCAÇÃO BRASILEIRA.

É inaceitável a indiferença do governo diante das das reivindicações dos servidores , tais como: o reajuste de 22,08% (referente à inflação e variação do PIB desde 2010), o reajuste do Piso Salarial para os TA', a reestruturação da carreiras e a melhoria nas condições de trabalho.

A postura intrasigente do governo está levando aos servidores públicos federais a construir a maior GREVE deste país, com uma adesão muito grande do setor da EDUCAÇÃO.