Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias
26º CONSINASEFE debate desafios da expansão da rede e elege nova direção nacional
Com o objetivo de debater os desafios trazidos pela expansão da rede federal de ensino básico, profissional e tecnológico e eleger a direção nacional para o período 2012-2014, foi realizado entre os dias 29 de março e 01 de abril, o 26º CONSINASEFE. A abertura do evento, em Brasília-DF, contou com a participação de mais de 400 pessoas, dentre delegados(as), observadores(as) e convidados(as).

Entidades convidadas e a coordenação geral do SINASEFE fizeram falas breves durante a mesa de abertura. Paulo Barela, representante da Central Sindical e Popular - CSP-Conlutas, destacou a necessidade de mobilização dos servidores federais, chamando atenção para a greve nacional prevista para 25 de abril. Fernando Rodal, da Confederação dos Educadores da América-CEA, defendeu que a consciência permanente da necessidade de lutar contribui para uma transformação cotidiana.

Josevaldo Cunha, representando o Sindicato Nacional dos Docentes da Instituições de Ensino Superior – ANDES-SN, afirmou que a entidade deseja que as discussões do 26º CONSINASEFE fortaleçam o SINASEFE. Ana Carolina Sarmento, da Federação Nacional dos Estudantes do Ensino Técnico – FENET, destacou a importância de estreitar os laços entre os trabalhadores e a comunidade escolar para fortalecer a luta em defesa da educação pública. Sérgio Pedini, do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica – CONIF, afirmou que a entidade tem interesse em construir uma agenda conjunta com o SINASEFE.

Análise de conjuntura

Analisando a conjuntura, Zé Maria (CSP-Conlutas) comentou os cenários nacional e internacional, chamando atenção para os processos de mobilização recentes. Ele defendeu a importância da participação dos trabalhadores(as) no 1º Congresso Nacional da CSP-Conlutas, de 27 a 30 de abril, e também na greve nacional prevista para 25 de abril de 2012.

Fernando Rodal, da CEA, reforçou a análise sobre o cenário internacional e afirmou que a luta pela educação pública deve ser feita a nível mundial. Hélvio Mariano, do ANDES-SN, fez a crítica da situação de precarizacão na rede federal e das péssimas condições de trabalho em diversas instituições.

 

Os desafios do SINASEFE diante da expansão da rede

Representações das áreas sindical, de gestão e de pesquisa, enriqueceram o debate sobre o tema central do 26º CONSINASEFE, realizado no segundo dia do evento. Valério Arcary, professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), Paulo César Pereira, reitor do Instituto Federal do Goiás e Jonas Magalhães, pesquisador da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, apresentaram diversos olhares sobre a expansão da rede federal.

Paulo César defendeu que os recursos do PRONATEC não podem mercantilizar a educação, e que o tratamento dado pelo programa às instituições pode estar equivocado. Destacou ainda a necessidade de articulação entre a rede federal e a educação estadual, defendendo que a qualificação contribui para a emancipação.

Jonas Magalhães, também comentando o PRONATEC, afirmou que a iniciativa não caminha com a defesa do ensino médio integrado e com a universalização da Educação. Para ele, não basta criar os institutos, é necessário criar as condições adequadas para o desenvolvimento das atividades.

Valério Arcary traçou um breve panorama histórico da rede federal, explicando alguns dos fundamentos do ensino técnico e profissionalizante no Brasil. Lembrou que os gestores não se dão conta que o funcionamento de uma escola é muito mais caro que a construção. Ele também fez a crítica à atual situação da Educação e à expansão da rede, que, segundo Arcary, não tem nenhum planejamento e não recebeu a contribuição das entidades sindicais. “Não somos soldados para receber ordens, somos sujeitos ativos”, destacou Valério.

Durante o debate do tema, participantes de vários estados apresentaram mais informações e posicionamentos sobre o tema. A maioria destacou que a participação dos trabalhadores no processo de formulação das políticas é fundamental para que a expansão seja feita de forma que não precarize o trabalho. Além disso, deve ser feita com o objetivo de manter a qualidade da educação oferecida nas instituições, e não apenas com visão quantitativa.

Previdência complementar

No terceiro dia de debates, Lucieni Pereira da Silva, auditora Federal de Controle Externo e diretora do Sindilegis, palestrou sobre a Previdência Complementar aprovada recentemente pelo Congresso.

Além das informações técnicas aprofundadas sobre o tema, Lucieni também frisou o quanto essa medida é prejudicial aos trabalhadores(as). Ela relembrou a mobilização para a rejeição do projeto de lei, no Senado e na Câmara, e destacou que a mobilização precisa ser ainda mais forte agora que o projeto deve virar lei e deve ser combatido pelos trabalhadores(as).

 

Eleições

Quatro chapas participaram do processo eleitoral do SINASEFE: Sinasefe Para Lutar, Inconfidentes – Avançando na Luta e na Democracia, Unidos Pela Base e Movimento Ética e Independência. Também foram eleitos os membros do novo Conselho Fiscal.

Números:

Eleitores: 384

Sinasefe para lutar: 188 (50,40%)

Inconfidentes Avançando na Luta e na Democracia: 33 (8,85%)

Unidos pela base: 96 (25,74%)

Movimento Ética e Independência: 56 (15,01%)

Abstenções: 3

Nulos: 8

Brancos: 0

 

Direção Nacional (Gestão 2012-2014)

 

COORDENAÇÃO GERAL:

Carlos David de Carvalho Lobão - SINTEF-PB

Gutenberg de Almeida Nascimento – SS. IFES-ES

Silvio de Jesus Rotter – SINDSIFCE-CE

 

COORDENAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS:

SECRETÁRIA GERAL: Flávia Maria de Carvalho SINTEF-GO

1º TESOUREIRO: Eulálio José do Lago Costa-   SINDSIFCE-CE

2º TESOUREIRO: Edilberto Fernandes Syryczyk - SS. Colorado do Oeste- RO

 

COORDENAÇÃO DE PESSOAL:

DOCENTE: Carlos Magno Augusto Sampaio - SS. Santa Inês-BA

TÉCNICO-ADM: José Carlos de Souza – SS. Recife-PE

APOSENTADA: Marli Gonçalves Borges    

COORDENAÇÃO DE COMUNICAÇÃO:

SECRETÁRIO: Bruno Andrade da Silva - SS. Belém-PA

SECRETÁRIA-ADJUNTO: Eugênia Tavares Martins– SINDSIFCE-CE

COORDENAÇÃO DE POLÍTICAS EDUCACIONAIS E CULTURAIS:

SECRETÁRIA: Geovana Garcia Terra – SS. Rio do Sul-SC

SECRETÁRIO-ADJUNTO: Marcos Aurélio Neves - SS.CEFET-SC

COORDENAÇÃO DE FORMAÇÃO POLÍTICA E RELAÇÕES SINDICAIS:

SECRETÁRIO: David Moreno Montenegro – SINDSIFCE-CE

SECRETÁRIO-ADJUNTO: Luiz Sérgio Ribeiro – SINDSCOPE-RJ

 

COORDENAÇÃO JURÍDICA E RELAÇÃO DE TRABALHO:

SECRETÁRIO: Maria Aparecida da Silva Rodrigues - SS. Pimenta Bueno-RO

SECRETÁRIO-ADJUNTO: Shilton Roque dos Santos- SS. Natal-RN

 

SUPLENTES DA DIREÇÃO NACIONAL:

William do Nascimento Carvalho – SINDSCOPE-RJ

Silvana Alves Pedroso Ritalino Barbosa

Edmar da Rocha Marques– SINDSCOPE-RJ

Alexandre Fleming Vasques Bastos – SINTIETFAL-AL

Wolhfagon Costa de Araújo

Aluísio Gomes Coelho

Paulo Salvador Almeida

Marcelo Teixeira da Silva

Isaias dos Santos

Aldemir Versani de Souza Callou

 

Conselho Fiscal:

TITULARES:

Luis Clodoaldo Alves Lopes

Aquiles da Silva Santos

Jaime Pessanha Tavares

 

SUPLENTES:

Luiz Otávio Monteiro Barroso

Joir Benedito Proença Amorim

Claudemir Figueiredo Pessoa