Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias
SINASEFE e Auditoria Cidadã debatem Reforma da Previdência com liderança do PSL
Publicado por Mário Júnior - Qui, 28 mar. 2019 22:56
Nesta quinta-feira (28/03) a Auditoria Cidadã da Dívida e o SINASEFE se reuniram com o líder do Partido Social Liberal (PSL) na Câmara dos Deputados, Delegado Waldir (GO), para debater a Reforma da Previdência do governo Bolsonaro (PEC 6/2019) que tramita no Congresso Nacional.
A reunião aconteceu por conta da Auditoria Cidadã ter solicitado audiências com todos os líderes partidários do legislativo federal para apresentar sua posição sobre a Reforma da Previdência. Nesta audiência específica, a coordenadora nacional da Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lucia Fattorelli, foi acompanhada pelo coordenador geral do SINASEFE, David Lobão.
Durante a reunião, como era esperado, o líder do PSL informou que seu partido "fechou questão" em defesa da PEC 6/2019. Seu principal argumento foi: "somos o partido do governo". Apesar da posição informada, a Auditoria Cidadã apresentou os estudos da organização sobre a mentira do "rombo" da Seguridade Social e os problemas dos enormes gastos do governo com o Sistema da Dívida Pública.
O mais espantoso, sem dúvida, foi ver o grau de desinformação que o líder do governo demonstrou! Sem nenhuma segurança no que afirmava e totalmente desinformado do que é a PEC 6/2019, justificativa que "fechar questão" em defesa da Reforma da Previdência não tinha nenhuma relação com defender a proposta do governo - não é um erro de redação, é isso mesmo que você leu!
Waldir afirmava, ainda, que "a PEC retira privilégios", mas quando apresentava os dados e via os estudos contrários da Auditoria, ficava sem contraargumentos.
Quando expusemos que a PEC 6/2019 retirava direitos dos mais pobres, como trabalhadores rurais e os que precisam do Benefício de Prestação Continuada (BPC), ele chegou a afirmar que isso "merecia ajuste", porém não soube especificar quais ajustes.
O que ficou claro é que temos um partido que fecha questão com uma PEC que retira direitos dos trabalhadores dizendo ser contra isso, mas ainda assim seguindo no fechamento da questão de um projeto ao qual se coloca contrário pelo fato de ser o partido do governo Bolsonaro.

Fotos
Confira aqui o álbum de fotos desta reunião entre Auditoria Cidadã, SINASEFE e liderança do PSL.

Conteúdo relacionado
Última atualização em Seg, 20 maio 2019 17:00