Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias
SINASEFE alerta: Bolsonaro planeja destruir previdência dos servidores públicos
Publicado por Mário Júnior - Ter, 16 out. 2018 15:10
O SINASEFE faz um alerta aos Servidores Públicos Federais (SPFs), em especial aos da nossa base da Educação Profissional, Científica e Tecnológica: Jair Bolsonaro, em um eventual governo, pretende destruir o direito de aposentadoria dos servidores com uma Reforma da Previdência ainda mais danosa e voraz que a proposta por Michel Temer (PEC 287/2016).
Paulo Guedes e Bolsonaro planejam fatiar a Reforma Previdenciária, começando com o que eles chamam cinicamente de "combate aos privilégios do funcionalismo público". Só depois dessa retirada dos direitos dos funcionários públicos à aposentadoria, é que uma nova fase da Reforma seria iniciada, mirando os trabalhadores da iniciativa privada.
Bolsonaro defendeu na Rede Bandeirantes, em 09/10, a idade mínima de 61 anos para aposentadoria, onde também afirmou que nos segmentos sociais em que houver mais resistência à Reforma da Previdência, como no Judiário, ele irá "mais devagar". Uma demonstração clara de que não são os privilégios que ele combate, mas os direitos da maioria da população (pobres e classe média), o que irá ampliar a desigualdade social no país.
Sabemos que Bolsonaro, que recebe auxílio-moradia possuíndo salário de mais de R$ 30 mil e tendo imóvel próprio, não tem moral para falar em combate a privilégios.
Sabemos que um eventual governo Bolsonaro representará uma onda de pautas regressivas do ponto de vista dos direitos sociais da classe trabalhadora.
Agora, diante de tudo o que sabíamos, nos deparamos com mais uma ameaça e deixamos aqui o alerta aos sindicalizados e sindicalizadas do SINASEFE: Bolsonaro vai priorizar na sua Reforma Previdenciária a destruição das nossas aposentadorias!
Foi com muita luta que barramos a Reforma da Previdência de Temer, rejeitada por mais de 70% da população brasileira. Não podemos correr esse risco novamente em 2019, por isso:

#EleNão #EleNunca #EleJamais
Última atualização em Ter, 16 out. 2018 17:02