Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias
Defesa da Rede: sindicato denuncia tentativa de fechamento de campi em Valença-BA
Publicado por Ascom Sinasefe - Qua, 04 jul. 2018 18:32

O SINASEFE participou nesta terça-feira (03/07) de uma audiência pública na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA). A audiência pública foi conduzida pelos deputados Joseildo Ramos e Rosemberg Pinto (ambos do PT) e discutiu a proposta do Ministério da Educação de fechar um dos campi existentes na cidade de Valença-BA. Atualmente existem duas unidades na cidade, uma vinculada ao IFBA e outra ao IFBaiano. Além do sindicato nacional, estudantes e trabalhadores dos IF também participaram da atividade.


Denúncia

Estudantes e trabalhadores denunciaram a falta de debates abertos e prévios com a comunidade sobre a suposta unificação dos campi. Para eles, a unificação dos institutos se dá no âmbito da luta política por uma educação pública e de qualidade, não na junção de suas estruturas físicas e nem, muito menos, no sucateamento e fechamento de unidades educacionais.

O SINASEFE, representado pelo coordenador geral Carlos Magno na mesa, denunciou o caráter neoliberal de sucateamento e privatização da Educação existente nos processos de reordenamento e reestruturação. O dirigente citou outras categorias que também enfrentaram estes ataques, como a Eletrobras e os Correios. Além do coordenador, o diretor Ed Fábio Agapito também participou da atividade. Confira o álbum de fotos.


Gestores

Os diretores dos campi fizeram um resgate histórico do caráter de cada campus, no caso do IF Baiano uma abordagem mais agrícola e no IFBA cursos mais direcionados à área ambiental e de turismo. Ambos se posicionaram contrários à medida de unificação e/ou fechamento de algum dos campi, destacando a importância de cada campus no atendimento das especificidades da microrregião do Baixo Sul da Bahia.

Com intervenção confusa e contraditória, o reitor do IFBA, que já se posicionou favorável ao reordenamento, foi rechaçado pelos participantes, que apontaram inclusive possíveis interesses eleitoreiros no fechamento dos campi.


Encaminhamentos

A mobilização dos estudantes e trabalhadores que lotaram a audiência resultou na aprovação pela ALBA da Carta de Salvador, que conterá uma moção de repúdio contra a atitude autocrática do MEC ao estabelecer a fusão dos dois institutos na cidade de Valença-BA. Ainda como desdobramentos da audiência, há perspectivas de formação de uma Frente Parlamentar na assembleia em defesa dos Institutos Federais, e um convite formal da ALBA ao MEC.


Conteúdo relacionado
Última atualização em Qui, 05 jul. 2018 08:44