Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias
SINASEFE cobra inclusão em GT e reivindica pauta não atendida da greve de 2015
Publicado por Mário Júnior - Qua, 17 maio 2017 04:28

O SINASEFE NACIONAL se reuniu na noite desta terça-feira (16/05) com representantes da Secretaria Executiva (SE) e da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação (MEC), em Brasília-DF, iniciando alguns diálogos e deixando o caminho preparado para uma sequência de futuras reuniões com a Setec, nas quais as demandas reivindicadas pela categoria nos últimos anos poderão ser pautadas.


Portaria 17

Durante os debates, que duraram cerca de 1 hora, o SINASEFE cobrou a participação no Grupo de Trabalho (GT) do MEC que irá revisar o texto da Portaria nº 17/2016 do ministério, editada no apagar das luzes do governo Dilma e que prejudicou a atividade docente no tocante à sua carga horária.

A representante da Setec, Silvilene Souza, explicou à secretária executiva do MEC, Maria Helena de Castro, a situação da Portaria 17/2016 e que já havia recebido o protesto à mesma por parte do SINASEFE desde julho de 2016, nas reuniões dos dias 6 e 21 - ainda com o primeiro grupo de gestores da Setec do atual governo.

O SINASEFE enfatizou que as proposições da Portaria 17/2016 são inaplicáveis e que as Instituições Federais de Ensino (IFE) não estão dispondo de meios legais para efetivá-la.

Foram lembrados, ainda, dos ofícios do SINASEFE nº 131, 133 e 134, entregues em 5 de maio deste ano com a cobrança de inclusão do nosso sindicato nacional no GT que debaterá a Portaria 17/2016.

A pressão surtiu efeito e o governo passou a ver "com muita positividade" a participação do SINASEFE no GT, cedendo espaço à nossa participação.

Uma reunião do grupo está agendada para o próximo dia 24/05 e o SINASEFE ficou de entrar em contato com a Setec em 18/05 para obtenção de maiores informações.

Acordo da Greve de 2015

Como sabemos, nossa greve de 2015 terminou sem um termo de acordo formalmente assinado entre governo e SINASEFE.

Ainda assim, dentro da reunião de ontem (16/05), mesmo que sem muito espaço para detalhamento da nossa pauta, o SINASEFE inseriu as reivindicações postas (e ainda não contempladas!) por aquele movimento paredista, sobretudo nas questões do ponto docente e da migração dos técnico-administrativos lotados na IFE Militares que estão no PGPE para o PCCTAE.

Diante da complexidade das pautas, foi construído um consenso entre os presentes de que uma agenda de debates entre a Setec e o SINASEFE deveria ser formalizada, o que passará a ser item de cobrança da nossa parte já no encontro de 24/05.


Audiências com o ministro da Educação

O SINASEFE ainda expôs a necessidade de audiências diretas com o ministro Mendonça Filho (DEM-PE), tanto para nossa entidade quanto para a Frente Escola Sem Mordaça - que protocolou esse pedido junto ao MEC em 3 de agosto do ano passado.

Apesar de datas para essas audiências não terem sido sinalizadas, os representantes do MEC reafirmaram o posicionamento do ministério e do ministro contra o Projeto Escola Sem Partido.


Presentes na reunião

A reunião foi realizada por intervenção da Deputada Federal Dorinha Rezende (DEM-TO), que foi interpelada pelo SINASEFE para isso. Ela esteve presente no espaço e abriu os debates na sede do MEC.

O MEC foi representado por Felipe Sigollo (Secretário Executivo Adjunto), Livia Barreto (Assessora da SE), Maria Helena de Castro (Secretária Executiva) e Silvilene Souza (Coordenadora Geral de Desenvolvimento de Pessoas da Rede Federal/Setec).

Representaram o SINASEFE os diretores Fabiano Faria e Sergio Roberto e a membra da seção sindical Águas Lindas-GO Camila Marques.


Imagens e cobertura ao vivo

Veja aqui o álbum de fotos do nosso site com nove imagens da reunião entre SINASEFE e MEC de 16/05.

Relembre aqui a peça que publicamos em nossas redes sociais durante a realização da reunião.


Encontros recentes com o MEC

As iniciativas para tratativas de reuniões com o governo Temer foram aprovadas pelas bases na 143ª Plenária Nacional do SINASEFE, realizada em Brasília-DF nos dias 2 e 3 de julho de 2016.

Esta foi a terceira reunião entre SINASEFE e MEC neste ano. Antes dela, houve encontros em 28/03 e 12/04.

No ano passado chegamos a participar de duas reuniões, em 06/07 e 21/07.

Relembre a trajetória dessas reuniões nas notícias abaixo:

Última atualização em Qua, 17 maio 2017 06:13