Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias
Repúdio: SINASEFE denuncia autoritarismo do MEC
Publicado por Ascom Sinasefe - Qui, 20 out. 2016 13:39

A Direção Nacional do SINASEFE repudia, nesta quinta-feira (20/10), o Ofício nº 27 da Setec/MEC. O colegiado reafirma seu apoio e incentivo aos estudantes em luta ao redor do país, que já ocupam 68 campi dos institutos, e rechaça a manobra governamental. O ofício em questão demonstra a postura antidemocrática assumida pelo ministério, ao solicitar que os reitores informem inclusive os estudantes envolvidos na mobilização. Denunciando a medida, a DN afirma que se trata de uma "atitude flagrante de autoritarismo e perseguição da legítima luta dos estudantes em defesa da educação e dos serviços públicos". Veja a nota completa.


"Caem as máscaras"

A gestão do Sindicato Nacional entende que o ofício da Setec mostra a verdadeira face do atual governo: "Cai a máscara daqueles que se travestiram em intérpretes da vontade popular para se colocarem à frente de um Golpe de Estado e agora, à semelhança dos seus antecessores de 1964 avançam para implementar um Estado Polícialesco no qual possam sem oposição qualquer, promover o desmonte dos serviços públicos sem qualquer enfrentamento." destaca a nota.


Apoio aos estudantes

Além do repúdio ao documento do MEC, a Direção Nacional reforça seu posicionamento de apoio aos estudantes e se dirige aos reitores para que não colaborem com esta arbitrariedade. "Ao mesmo tempo em que dirigimos nosso repúdio ao governo golpista pela sua truculência, o SINASEFE vem a público manifestar também sua total solidariedade, apoio e participação na luta dos estudantes que dentro do estado democrático de direito revela-se legitima e justa! Dirigimo-nos também a todos os reitores, diretores gerais e gestores dos institutos federais para que nenhuma colaboração seja feita contra os inimigos da democracia e algozes da classe trabalhadora."


Conteúdo relacionado

Nota da FENET contra a arbitrariedade da Setec/MEC

#ocupatudo: Estudantes ampliam mobilização e já ocupam 23 Institutos Federais



Última atualização em Qui, 20 out. 2016 14:48