Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias
Por uma Escola Sem Mordaça: quarta-feira (05/10) é dia de defender a liberdade de expressão
Publicado por Ascom Sinasefe - Sáb, 01 out. 2016 06:43

Na próxima quarta-feira (05/10) é dia de ir às ruas em defesa de uma Escola Sem Mordaça. Aprovada na reunião mais recente da Frente Nacional Escola Sem Mordaça, dia 14/09, a data tem o objetivo de estimular o debate crítico dos projetos que impõem a "Escola Sem Partido". Diversas entidades se organizam para promover atividades como panfletagens, rodas de debate, manifestações de rua, exibição de documentários, aulas e atos públicos, etc. O SINASEFE convida suas Seções Sindicais para se somarem nesta luta e fortalecer a Frente Escola Sem Mordaça, conforme deliberação de seus fóruns. Leia também sobre a convocação para o Dia Nacional de Luta Contra o Desmonte do Estado.


Envio de mensagens e articulações locais

Além de realizar atividades de denúncia dos PLs do Escola Sem Partido, a proposta do dia 05/10 é de enviar aos parlamentares (deputados e senadores) mensagens contrárias a esta iniciativa. Outro objetivo deste dia de lutas é o de favorecer a articulação das Frentes Estaduais, tanto com a promoção de atividades pelas que já estão formadas como o lançamento de novos colegiados. Em breve um modelo de mensagem estará disponível para download.


O que propõe a FESM?

A Frente Nacional Escola Sem Mordaça reúne centenas de signatários em luta pela defesa da liberdade de expressão e de opinião nos estabelecimentos de ensino e contra quaisquer formas de opressão, violência e censura aos profissionais da educação. A Frente foi lançada em 13 de julho no Rio de Janeiro-RJ, nascendo a partir da aglutinação de centrais sindicais, sindicatos, partidos políticos e mandatos de esquerda, intelectuais, movimentos sociais, estudantis e populares em torno da luta contra a censura e a liberdade de opinião nos estabelecimentos de ensino.


Conteúdo relacionado

Última atualização em Sáb, 01 out. 2016 11:33