Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias
Auditoria da Dívida Pública com Participação Popular agora é tema de Frente Parlamentar
Publicado por Ascom Sinasefe - Qua, 10 ago. 2016 11:15

A agitada tarde desta terça-feira (09/08) na Câmara dos Deputados ficou marcada pelo Lançamento da Frente Parlamentar Mista Pela Auditoria da Dívida Pública com Participação Popular. Passados mais de seis anos do encerramento da CPI da Dívida, e após o veto presidencial de Dilma, a criação deste colegiado suprapartidário representa um avanço ao oportunizar o debate do tema no âmbito do Congresso e da sociedade civil. O SINASEFE se soma aos esforços da Auditoria Cidadã da Dívida em seu cotidiano e esteve presente nesta atividade.


Momento histórico

Na abertura do evento, Maria Lúcia Fatorelli lembrou que a auditoria da dívida pública com participação popular está prevista na Constituição Federal e que o lançamento da Frente é um momento histórico na luta pela Auditoria. Destacando o caráter suprapartidário da Frente, que já reúne 247 deputados e 25 senadores, a coordenadora da Auditoria Cidadã destacou a importância da mobilização e reivindicação permanente dos movimentos sociais, sindicatos e centrais pela auditoria.

Colocações de Parlamentares

A Frente, que tem a coordenação do deputado Edmilson Rodrigues (PSOL-PA) e do senador João Capiberibe (PSB-AP), seria coordenada pela deputada Luiza Erundina (PSOL-SP), mas, como é candidata a prefeitura de São Paulo-SP em 2016 a parlamentar ficará no apoio dos trabalhos. Em sua fala Edmilson afirmou que o Brasil não pode virar a Grécia e deve acabar de vez com a "falcatrua institucionalizada" que é o pagamento da dívida. Para Capiberibe, é necessário traduzir numa linguagem acessível do que se trata a Auditoria da Dívida e se utilizar das redes sociais para disseminar estas informações e levantar a sociedade contra o absurdo pagamento da dívida. Destacando o raro momento de celebração e alegria na Câmara, Erundina lembrou que a Frente será uma ferramenta de pressão política e também de informação para que o povo possa entender a Auditoria da Dívida Pública. Dezenas de parlamentares também se posicionaram, pontuando inclusive a relação entre a importância de realizar a auditoria e os projetos que atacam os trabalhadores como o PLP 257/2016 e a PEC 241/2016, ambas proposições em debate nesta terça (09/08).

Posição do nosso Sindicato

Assim como a maioria das entidades de trabalhadores presentes no lançamento, o SINASEFE compreende a importância da existência de uma Frente Parlamentar que oportunize e amplifique o debate da Auditoria da Dívida Pública com Participação Popular. Cabe frisar ainda que esta é somente mais uma ferramenta e que a luta em defesa da auditoria da dívida é permanente e tarefa de todos trabalhadores e suas respectivas entidades representativas. Fica reforçada também a importância de debater o tema nos locais de trabalho e em sala de aula, levando assim a temática para o dia-a-dia da população brasileira.

Conteúdo relacionado

Última atualização em Qui, 11 ago. 2016 01:02