Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias
Construção da greve geral é iniciada por etapa de estudos e ações
Publicado por Mário Júnior - Ter, 10 nov. 2015 16:51
Os debates sobre a greve geral da classe trabalhadora entraram numa nova etapa nesta terça-feira (10/11), com os sindicatos, federações e confederações do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasef) - dentre as quais o SINASEFE - discutindo a possibilidade de um movimento paredista desta natureza entre si (pela manhã) e, a posteriori, com as principais centrais sindicais do país (pela tarde).

REUNIÃO DO FONASEF
No período matutino, a reunião foi exclusiva entre as entidades do Fonasef, acontecendo na sede do Andes-SN, em Brasília-DF.
Um total de 12 entidades enviaram representantes ao espaço, no qual foram trocados informes e consensuada a posição de que - devido às assinaturas em curso dos acordos da Campanha Salarial 2015 (o que recém-encerrou algumas greves) - o ideal ao Fonasef seria iniciar a construção de uma luta contra quaisquer ataques à classe trabalhadora.

REUNIÃO COM CENTRAIS
No período vespertino, também na sede do Andes-SN, foi a vez do Fonasef se encontrar com as centrais sindicais brasileiras mais importantes, iniciando a jornada de debates que seguirá no próximo período sobre a construção de uma greve geral da classe trabalhadora.
Nesse primeiro momento, as entidades pautaram suas leituras acerca da conjuntura e consensuaram a necessidade de se impor ações contra os ataques do governo aos nossos direitos.

PRODUÇÃO DE DOCUMENTO
Para sabermos que ataques são estes e quais as suas extensão e natureza, uma comissão foi formada para produzir um documento que traga a relação de Medidas Provisórias (MP) do Executivo; Projetos de Lei (PL) e de Emenda à Constituição (PEC) do Legislativo; e também sentenças/julgamentos do Judiciário que demonstrem ameaças aos direitos historicamente conquistados pelos trabalhadores.
A comissão foi composta por representantes do Andes-SN, da CGTB, da Condsef, da CSP-Conlutas, da CTB, da CUT e do Sinait. Uma reunião para produção do documento foi agendada para 17 de novembro (próxima terça-feira), na sede do Sinait, na capital federal.

PRÓXIMA REUNIÃO
Outra reunião do Fonasef com as centrais sindicais ficou agendada para o dia 19 de novembro (quinta-feira da próxima semana), às 10 horas, na sede do Andes-SN.
O Fonasef também está buscando agendar ainda para 2015 uma Reunião Ampliada, na qual será debatida a continuidade das lutas da categoria na Campanha Salarial 2016. A data prevista (ainda não confirmada) para este evento é 13 de dezembro, devendo o mesmo ocorrer em Brasília-DF.

ATO NO CONGRESSO
O documento a ser produzido no dia 17 e apresentado/aprovado no dia 19 deve ser transformado em panfleto pelas entidades do Fonasef e centrais sindicais.
A expectativa é que o mesmo possa ser distribuído no Congresso Nacional, em ato conjunto no dia 23 de novembro.

HISTÓRICO
Esta foi a terceira vez nos últimos 34 dias que o tema greve geral dos trabalhadores foi pautado em espaço do Fonasef. Anteriormente, nas últimas duas reuniões do Fórum, o assunto foi a pauta central a permear os debates.
Clique aqui para ler o resumo da reunião do Fonasef de 7 de outubro, que debateu a greve geral pela primeira vez no interior do Fórum.
E clique aqui para ler o resumo da reunião do Fonasef de 22 de outubro, que agendou a reunião de hoje com as centrais sindicais.

REPRESENTAÇÃO DO SINASEFE
O SINASEFE foi representado no encontro de hoje (10/11), pela manhã e pela tarde, por Weliton Rosário, coordenador da pasta dos técnico-administrativos da Direção Nacional.

O QUE É UMA GREVE GERAL?
Mas é preciso que se esclareça o que é uma greve geral.
Não se trata de retormarmos o nosso movimento paredista atual, que apenas aguarda a assinatura dos termos de acordo com o governo para se encerrar.
Uma greve geral é um ato político da classe trabalhadora, que paralisa toda a produção e serviços - de empregadores públicos e privados - para forçar o governo a receber e ouvir os trabalhadores e suas demandas.
Trata-se da arma mais eficaz que temos e, em tempos nos quais nenhum direito é ampliado e os poucos que temos começam a ser tolhidos, o debate sobre sua utilização está em pauta com as principais direções classistas do país.

AGENDA COMPLETA
Fique por dentro da agenda completa do Fonasef:
  1. 17/11: Reunião da comissão para produção do documento sobre ataques aos trabalhadores (em Brasília-DF);
  2. 18/11: Dia Nacional de Lutas dos Movimentos Populares (em todo o país);
  3. 19/11: Reunião do Fonasef com centrais sindicais (em Brasília-DF)
  4. 20/11: Marcha da Periferia em decorrência ao Dia Nacional da Consciência Negra;
  5. 23/11: Ato no Congresso Nacional (em Brasília-DF);
  6. 10 a 12/12: Caravana em apoio aos povos indígenas (no Mato Grosso do Sul);
  7. 13/12: Possível Reunião Ampliada do Fonasef (em Brasília-DF).
Clique aqui para conferir todos os eventos do SINASEFE.

FOTOS
Clique aqui para ver fotos da reunião da manhã de hoje, com as entidades do Fonasef.
E clique aqui para ver fotos da reunião da tarde de hoje, entre Fonasef e centrais sindicais.
Última atualização em Seg, 23 nov. 2015 15:11