Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias
Outubro de luta: Organizar as mobilizações nos estados é a tarefa colocada
Publicado por Mário Júnior - Qui, 15 out. 2015 17:19

Os informes indicam que o "Outubro de Luta" está sendo preparado em diversos estados, com a realização de plenárias e o agendamento de manifestações. A indicação da CSP-Conlutas - nossa Central Sindical e Popular - é pela realização de atos e assembleias com paralisações onde for possível; unificar as lutas que estiverem ocorrendo; apoiar as categorias em campanhas salariais e as greves em curso; realizar bloqueios de rodovias; ocupações de terras; protestos dos movimentos sociais e dos que lutam contra as opressões. Além disso, marcar em cada estado um dia de manifestação unificada, realizando essa atividade na data que for melhor.

Essas iniciativas, conforme o entendimento da CSP-Conlutas, serão fundamentais para darmos continuidade à organização de uma alternativa dos trabalhadores, da juventude e do povo pobre diante da crise atual. Por isso, precisamos organizar as entidades, movimentos e organizações de esquerda que participam conosco no Espaço de Unidade de Ação. Para além dos que participam é importante que busquemos ampliar esse movimento nos estados. É necessário que consolidemos esse espaço político que foi construído a partir da Marcha Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras e estabeleçamos a identidade desse campo classista e de luta.

O "Outubro de Luta" tem como centro a construção de uma alternativa dos trabalhadores contra Dilma-PT, Cunha, Temer e Renan-PMDB e Aécio-PSDB. Lutamos para derrotar o ajuste fiscal e defendemos que os ricos paguem pela crise.

Os dez pontos da Marcha de 18/09 sintetizam as nossas bandeiras. A eles se incorporam as campanhas da Rede Sindical Internacional de Solidariedade e Lutas (RSI), em apoio aos imigrantes; exigindo a saída das tropas da Minustah do Haiti; contra Israel e em defesa do povo palestino; e contra os planos de austeridade nos diversos países.


Lutamos pela unidade da esquerda classista

Precisamos unificar todos os lutadores numa frente de luta. MTST, CUT, Une, PT, PCdoB, MST e setores do PSOL acabam de lançar uma frente denominada "Frente do Povo sem Medo", que é a reedição da frente pelas reformas populares. Ao centrar a luta somente contra a direita, essa frente acaba por blindar o governo Dilma, colocando-se apenas contra a política econômica, que supostamente seria somente do Ministro Levy e não do governo.

A CSP-Conlutas seguirá fazendo todo o esforço para a unidade da esquerda, dirigindo-se especialmente ao MTST, mas essa unidade não é possível de se dar em frentes como essa do "Povo sem Medo". A direção da CUT, por exemplo, está cumprindo um papel nefasto, fechando inúmeros acordos de implementação do PPE, colaborando efetivamente com os planos se ajuste do governo, ao invés de usar o seu peso social para lutar contra as demissões e o ajuste fiscal e fortalecer as condições para uma greve geral em nosso país.


Plenárias e manifestações nos estados

As plenárias e manifestações da Central, do Espaço de Unidade de Ação e setores aliados já estão acontecendo.

Veja o que já passou:

02/10: Plenária em João Pessoa-PB

05/10: Plenárias em Belém-PA e em Porto Alegre-RS

07/10: Plenária em São Luis-MA

08/10: Plenária em Belo Horizonte-MG

13/10: Audiência pública em defesa da autodeterminação do povo haitiano, em São Paulo-SP

15/10: Dia de mobilização da juventude e do MML; manifestação em São Luis-MA

E o que está por vir:

17/10: Plenária em Fortaleza-CE

22/10: Manifestações em Fortaleza-CE e Teresina-PI

23/10: Manifestações no Rio de Janeiro-RJ e Natal-RN

28/10: Manifestação em Belo Horizonte-MG

27 ou 29/10: Manifestação em Belém-PA

29/10: Manifestação em João Pessoa-PB


Divulgação

Baixe os materiais de divulgação do "Outubro de Luta". Confira as peças disponíveis abaixo:

  1. Adesivo
  2. Capa para perfil e fanpage de Facebook
  3. Capa para grupo de Facebook
  4. Cartaz

*Com informações da CSP-Conlutas

Última atualização em Qui, 15 out. 2015 19:01