Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias da Greve
Servidores Federais intensificam lutas: leia o resumo desta quarta-feira (09/09)
Publicado por Mário Júnior - Qua, 09 set. 2015 19:17
Nesta quarta-feira (09/09) as ações dos Servidores Públicos Federais (SPF) em greves e mobilizações por todo o país tiveram intensificações em Brasília-DF, tanto com a Reunião Ampliada do Fonasef, quanto com uma manifestação no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) e uma ocupação da sede da Superintendência Regional Norte/Centro-Oeste do INSS. Todas as atividades tiveram participação destacada do nosso Sindicato, representado pela Direção Nacional (DN) e pelo Comando Nacional de Greve (CNG).

REUNIÃO DO FONASEF
A primeira atividade do dia foi a Reunião Ampliada do Fórum das Entidades Nacionais dos SPF (Fonasef), agendada na semana passada e divulgada às bases em nossos veículos de comunicação e durante os debates da 135ª PLENA, no último fim de semana.
O evento debateu, essencialmente, a conjuntura política atual e os próximos passos do movimento, contando com a presença maciça de trabalhadores e entidades classistas ligadas à Rede Federal de Educação - bases do Andes-SN, da Fasubra Sindical e do SINASEFE.

Foi reconhecido no espaço que o recuo do governo de quatro para dois anos na proposta de acordo significou um avanço, mas os índices propostos (mesmo com os reajustes dos benefícios) ainda são considerados muito ruins, por isso a luta dos SPF pela reposição das perdas seguirá, com as greves e mobilizações em curso.
Devido às campanhas midiáticas de difamação dos servidores em greve do INSS, além do corte de ponto por parte do governo, o Fonasef aprovou solidariedade política e financeira aos trabalhadores e à Fenasps (entidade classista representativa desta categoria).

ATO NO MPOG
Por deliberação da Reunião Ampliada, após o término dos debates, já no início da tarde, os servidores federais foram até a Esplanada dos Ministérios, onde realizaram mais um ato da Campanha Salarial 2015 em frente ao bloco c do MPOG.

A manifestação cobrava as respostas ao movimento do que foi dito na mesa do dia 31 de agosto, à qual o Ministério ficou de responder até o próximo dia 11 e ainda não sinalizou nada em relação à próxima audiência com as entidades.

OCUPAÇÃO DO INSS
Também no período vespertino, bases em greve da Fenasps ocuparam o prédio da Superintendência Regional Norte/Centro-Oeste do INSS (situado no Setor Bancário Norte), em protesto aos ataques que o movimento paredista da categoria vem sofrendo - incluindo o corte dos salários dos servidores.
A Superintendência, que é a maior do país (atendendo oito estados e o Distrito Federal), foi ocupada como último recurso da greve, devido aos cortes de ponto e aos retrocessos na negociação da pauta setorial da Fenasps junto ao MPOG.
Já são quase dois meses de greve e mais de 60 milhões de atendimentos que deixaram de ser feitos pelo INSS em todo o país por conta da intransigência do governo. Dessa forma, a estratégia dos trabalhadores organizados pela Fenasps passou a ser ocupar seus locais de trabalho em todo o país - o que foi feito de maneira pacífica e sem destruição do patrimônio.

Outras entidades também em greve, como Andes-SN, Fasubra e SINASEFE, estiveram presentes à ocupação e informaram sobre a campanha de apoio político e financeiro aprovada pelo Fonasef, o que emocionou os trabalhadores com ponto cortado do INSS. "Povo unido é povo forte, não teme a luta, não teme a morte, avante companheiros que essa luta é minha e sua, unidos venceremos e a greve continua" foi um canto entoado pelos presentes, demonstrando a unidade classista entre as entidades do Fonasef.

O ato sofreu tentativa de intimidação com a presença da Polícia Federal, mas nenhum confronto ou agressão ocorreu - principalmente pelo caráter pacífico e ordeiro do movimento.

PRÓXIMAS ATIVIDADES
A partir da próxima semana, uma vigília permanente dos SPF ao MPOG deve se iniciar em Brasília-DF.
Além disso, uma nova Marcha Unificada das categorias está em construção, com proposta inicial de data (ainda não confirmada) para 22 de setembro.
A próxima reunião do Fonasef será realizada na sede do Andes-SN, na capital federal, no dia 15 (terça-feira), a partir das 18h30min, e definirá os detalhes ainda pendentes sobre a vigília e a nova Marcha do funcionalismo federal.