Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias da Greve
É preciso resistir: todos à 135ª PLENA, em 5 e 6 de setembro!
Publicado por Mário Júnior - Ter, 01 set. 2015 15:26

alt

Os Servidores Públicos Federais (SPF) avançam para mais uma semana de lutas por direitos e condições de trabalho. Já espantamos o fantasma do PLOA que rondava as bases e agora seguimos com atos e mobilizações por todo o país.

A 134ª PLENA (realizada em 22 e 23/08) encaminhou a expansão e o fortalecimento da greve e obteve êxito em triplicar o Comando Nacional de Greve (CNG), fundamental para o trancaço do dia 27 nas portas do MPOG, o qual arrancou a reunião de 31/08 entre o governo e o Fórum das Entidades Nacionais dos SPF (Fonasef).

Se ainda há quem busque motivos para se juntar às lutas, então segue a cronologia pós-Plenária:

  • 24/08: Enrolação;
  • 25/08: Fonasef se reúne para discutir a suspensão do desconto consignado no contra-cheque para entidades sindicais, o fortalecimento da greve e a organização da Marcha de 27 de agosto;
  • 26/08: Governo passa a assediar entidades do Fonasef com ofícios, reiterando o "reajuste" quadrianual no valor de 21,3%, a ser parcelado em quatro anos;
  • 27/08: SFP realizam trancaço nas portas do MPOG e arrancam reunião para 31/08;
  • 28/08: SINASEFE recebe o tal ofício, com apenas um aceno às nossas pautas específicas, para criação de um comitê provisório responsável por elaborar proposta de reestruturação das carreiras docentes do MS e do EBTT nos moldes do acordo já rechaçado por Andes-SN e SINASEFE em 2012;
  • 30/08: Fonasef se reúne e reforça a rejeição unânime ao confisco salarial representando pelo "reajuste" de 21,3% em quatro parcelas, repudiando também o corte de ponto dos trabalhadores do INSS e a suspensão das consignações;
  • 31/08: SINASEFE participa de três mesas de negociação e de reunião do Fonasef:
    • 10 horas, na SRT/MPOG: Fonasef mantém a unidade e repudia o corte de ponto dos servidores do INSS, a suspensão das consignações e o condicionamento da negociação das pautas específicas ao aceite do "reajuste";
    • 10 horas, na Setec/MEC: Direção Nacional (DN) e CNG discutem a jornada contínua de trabalho (30 horas) para os TAE e CNG reforça a necessidade de urgência na racionalização dos cargos do PCCTAE;
    • 14 horas, na SRT/MPOG: Governo insiste em pautar a reestruturação das carreiras docentes no termo de acordo 01/2012;
    • 18 horas, na sede da Condsef: Fonasef se reúne para avaliar a "negociação" da mesa com o MPOG e traçar estratégias, tendo encaminhado atos nos estados para os dias 2 e 3 de setembro.

Por tudo isso, o CNG faz estes chamamentos aos lutadores:

  1. Manter a greve nas assembleias gerais e locais;
  2. Eleger delegados e observadores para a 135ª Plenária Nacional;
  3. Enviar representantes ao CNG!

Mais informações e relatórios no boletim do CNG nº 6, que em breve será publicado!