Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias da Greve
135ª PLENA será realizada no próximo final de semana: participe!
Publicado por Mário Júnior - Ter, 01 set. 2015 09:47

O SINASEFE convocou nesta segunda-feira (31/08) todas as suas Seções Sindicais para participarem da 135ª PLENA, agendada para os dias 5 e 6 de setembro. O fórum, terceiro realizado durante o movimento paredista de 2015, acontecerá no Hotel Saint Paul Plaza, em Brasília-DF.


CONVOCATÓRIA

O principal tema em debate e deliberação no evento será a greve e seus encaminhamentos, além do Conselho Fiscal e do 30º CONSINASEFE. Outros pontos previstos para debate são as consignações e a comissão de ética. Confira a convocatória da Plenária clicando aqui.


LOCAL

A Plenária será sediada no Hotel Saint Paul Plaza, localizado no Setor Hoteleiro Sul (SHS), quadra 2, bloco H. O hotel também fará as hospedagens dos participantes. As diárias, para delegados e observadores da PLENA, ficarão em R$ 165,00 para quartos individuais, R$ 188,00 para acomodações duplas e R$ 235,00 para triplas, com os valores acrescidos da taxa de serviço de 10%. Reservas devem ser feitas com a Pratic Turismo, pelos telefones (61) 3242-2507 e 3242-7398.


DIVULGAÇÃO

Virá a Brasília-DF para participar da próxima PLENA? Então marque sua presença no evento público do Facebook do evento. Clique aqui para fazer isso!


FUNDO DE GREVE E CREDENCIAMENTO

Diante dos problemas com a consignação da contribuição sindical, a Direção Nacional (DN) e o Comando Nacional de Greve (CNG) do SINASEFE informam que os delegados de base serão credenciados na 135ª PLENA independente dos repasses referentes ao fundo de greve terem sido feitos ou não.

A autorização para participação na Plenária, mesmo sem o repasse ao fundo de greve, baseia-se na solidariedade sindical. Uma vez que as Seções engajadas no movimento paredista sofrem com a falta dos recursos financeiros, especialmente por causa do "golpe" governista em interromper as consignações.

Entretanto, deixamos nosso apelo às Seções Sindicais para que quitem os débitos com o fundo de greve assim que possível, de modo que tenhamos condições materiais e objetivas de prosseguir com a luta política em curso.


*Texto editado às 16 horas de 02/09/2015.