Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias da Greve
CNG lança panfleto sobre dívida pública
Publicado por Mário Júnior - Qua, 26 ago. 2015 21:58

O Comando Nacional de Greve (CNG) do SINASEFE lançou hoje (26/08) mais uma peça de agitação política do nosso movimento paredista de 2015. O material da vez foi um panfleto sobre a dívida pública brasileira, produzido por deliberação da 134ª PLENA - que teve o tema como um dos seus pontos de pauta. Confira aqui o texto integral e o material para download.


QUAIS SÃO AS REAIS PRIORIDADES DESSE GOVERNO?

A sangria do povo brasileiro

Para onde vão nossos impostos?

Eles deveriam beneficiar e garantir os direitos sociais (Art. 6, caput, CF. A saber: São direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados) de todos os brasileiros, mas não é isso que acontece.


Entenda

Pensem em um pai de família, que tem 45,11% do seu rendimento usado para pagar juros de dívidas bancárias, e que aplica apenas 3,73% na Educação de seus filhos.

Ou ainda uma família de tendo uma remuneração de R$1.000,00, paga R$451,100 de juros e apenas R$37,30 na educação de seus filhos.

Absurdo não? Mas é assim que o Brasil funciona, ou não funciona.

Uma verdadeira transfusão de sangue ao contrário.

O Brasil não pode continuar pagando mais de R$2 bilhões de juros por dia, para pagamento de juros apenas, sem que nenhum investimento seja feito com esse recurso.

Essa dívida beneficia algumas poucas centenas de famílias brasileiras e no exterior e que fazem parte do setor financeiro e de grandes corporações. Pensem nisso!


Crise para quem?

Quando a economia brasileira vai bem, os bancos vão bem. Quando a economia vai mal, os bancos vão melhor ainda.

Segundo um levantamento feito pela consultoria econômica para a BBC Brasil, apesar da desaceleração econômica, a rentabilidade sobre o patrimônio dos grandes bancos de capital aberto do Brasil foi de 18,23% em 2014.


Gráfico abaixo: Orçamento Geral da União (executado em 2014). Total: R$2,168 trilhão

Notas do gráfico: 1) Inclui o "refinanciamento" da dívida, pois o governo contabiliza neste item grande parte dos juros pagos. 2) Os gastos com juros e amortizações da dívida se referem aos GND 2 e 6, e foram desmembrados da função "Encargos Especiais". 3) As transferências a estados e municípios se referem ao programa 0903 – "Operações Especiais: Transferências Constitucionais e as Decorrentes de Legislação Específica", e também foram desmembradas da função "Encargos Especiais". 4) Os demais gastos da função "Encargos Especiais" foram referidos no gráfico como sendo "Outros Encargos Especiais", e representam principalmente despesas com o ressarcimento ao INSS de desonerações tributárias, subsídios à tarifa de energia elétrica, pagamento de precatórios, dentre outras. 5) O gráfico não inclui os "restos a pagar" de 2014, executados em 2015.

Fonte do gráfico: Site do Senado Federal. Clique aqui para acessar.


FAÇA O DOWNLOAD

O panfleto também está disponível para download e reprodução das bases, em formato A5, com conteúdo na frente e no verso. Clique aqui e faça o donwload da publicação em formato PDF.