Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias
Ministro do Planejamento receberá entidades nacionais dos SPF
Publicado por Mário Júnior - Dom, 08 mar. 2015 18:52
A Campanha Salarial 2015 dos Servidores Públicos Federais foi lançada no último dia 25 de fevereiro, em Brasília-DF, com um grande ato das categorias em frente ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). Como resultado da mobilização, o Ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, receberá as entidades classistas do funcionalismo federal na manhã do próximo dia 20 (sexta-feira), para debater a conjuntura econômica e as diretrizes de um processo negocial com os sindicatos para 2015.

Histórico
Nas Campanhas Salariais de 2013 e 2014 a ministra Miriam Belchior negou-se a iniciar qualquer negociação com os federais afirmando a existência de um "acordo em andamento", apoiando-se nas três parcelas de 5% acordadas na greve de 2012 - as quais encerraram-se neste ano.
Agora, quando não temos quaisquer perspectivas de aumento, além de termos recebido reajustes inferiores às inflações dos períodos, o MPOG se vê numa conjuntura onde seus argumentos exauriram-se e será obrigado a negociar.
Cabe às entidades do Fórum Nacional dos SPF aproveitar o momento favorável ao movimento para mobilizar suas bases e pressionar o governo ao atendimento das nossas demandas.

Pauta de reivindicações
Nossa pauta de reivindicações já é bastante conhecida por nossos patrões: data-base em 1º de maio; isonomia salarial e de benefícios entre os três poderes; e reajuste linear de 27,3% para recuperação das perdas são os principais eixos da Campanha Salarial deste ano.
Revogação da Reforma da Previdência do Mensalão, fim da Funpresp e da Ebserh também constam entre os pedidos dos servidores federais.
A pauta atual que apresentamos ao governo no mês passado foi debatida em dois grandes eventos realizados em Brasília-DF: o Seminário Nacional, realizado em novembro de 2014, e a Reunião Ampliada dos Servidores Federais, que aconteceu de 31/01 a 01/02.
Confira aqui a íntegra das nossas reivindicações.

Negociação conjunta
O SINASEFE foi um dos sindicatos que, desde o início da construção da Campanha Salarial deste ano, defendeu uma mesa conjunta entre o governo e todas as entidades representativas do funcionalismo federal. Encaminhamos, inclusive, um ofício ao MEC, em 6 de fevereiro, defendendo a abertura de um processo negocial unitário.
A metodologia do governo, entretamento, mostra-se um pouco equivocada, ao convocar mais de 20 entidades da bancada sindical e só permitir a inscrição de 10 oradores, com a vaga alegação de "limite de tempo".
Estaremos no espaço, defendendo a unidade entre as categorias e os interesses dos servidores da Educação Federal Básica, Técnica e Tecnológica.

Convocação
A convocatória do governo para esta reunião se deu por intermédio do Ofício Circular nº 01/2015, da Secretaria de Relações de Trabalho no Serviço Público do MPOG. O encontro será realizado às 10 horas, no bloco k da esplanada dos ministérios, na capital federal. Cada uma das entidades convocadas poderá enviar até dois representantes.
Baixe aqui o documento do governo remetido às entidades.
Última atualização em Seg, 09 mar. 2015 22:03