Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui:
"Via dos Trabalhadores" começa a ser pavimentada
Publicado por Mário Júnior - Sáb, 19 set. 2015 20:53
A luta de classes no Brasil vai pegar fogo no próximo período! No clima entusiasta da Marcha que reuniu milhares na capital paulista na tarde de ontem (18/09), trabalhadores e estudantes voltaram a se reunir neste sábado (19/09), no Encontro Nacional de Trabalhadores e Trabalhadoras. O evento foi realizado na sede do Sindicato dos Metroviários de São Paulo.

CONJUNTURA
Mais de 1200 lutadores participaram do evento, que teve como proposta organizar os setores combativos da esquerda socialista brasileira para pensar uma saída dentro da perspectiva dos oprimidos para a crise política que vivemos - polarizada normalmente por grupos governistas que defendem a Presidenta Dilma e por setores de direita que fazem oposição ao Partido dos Trabalhadores (PT) e sua base aliada.
Assim como o grande ato de sexta-feira (18/09), o encontro de hoje (19/09) pautou por prioridade a pavimentação desta terceira via, aprovando um Manifesto contra Dilma, Cunha, Temer, Renan e Aécio; e uma jornada de lutas para começar já no próximo mês.

O ENCONTRO
Seguindo a fórmula já conhecida das reuniões do Espaço Unidade de Ação e da Coordenação Nacional da CSP-Conlutas, o evento foi aberto por informes em seu primeiro momento, pautando as visões conjunturais de cada entidade e força política interlocutora.
Neste primeiro bloco, que consumiu toda a manhã, o SINASEFE teve seu informe passado em conjunto com o dos Servidores Públicos Federais, na fala do coordenador geral da Fasubra, Gibran Jordão.
O momento mais marcante, contudo, foi justamente a abertura dos diálogos, quando a liderança indígena Guarani-kaiowá Valdenice Veron denunciou o massacre de seu povo por latifundiários no Mato Grosso do Sul, em situação dramática que envolve estupros de crianças, torturas e assassinatos.
No período da tarde, os participantes se dividiram em mais de uma dezena de grupos autogestionados, segmentados por setoriais de trabalho e organizações políticas.

MANIFESTO
E, como última atividade do encontro, após os debates dos grupos o Manifesto dos Trabalhadores foi lido e aprovado por aclamação do plenário. O documento aponta a necessidade de unidade e somatório de forças na reação dos trabalhadores ao ajuste fiscal e contra os ataques à classe. Para isso, os lutadores irão retomar a exigência à CUT, CTB, Força Sindical e demais centrais sindicais para que rompam com o governo e construam o chamamento à greve geral. Faça o download do texto integral clicando aqui.
SINASEFE
Assim como no ato, Direção Nacional (DN), Comando Nacional de Greve (CNG), bases e Seções Sindicais do SINASEFE estiveram presentes ao evento. Nosso Sindicato foi, ainda, um dos que assinaram a convocatória para a Marcha e o Encontro Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras.

PARTICIPANTES
Mais de 1200 lutadores se credenciaram no Encontro, que contou com cerca de 140 entidades/movimentos/forças políticas. Foram 77 sindicatos, 25 entidades da juventude, 20 partidos políticos/correntes partidárias, 8 movimentos populares urbanos, 1 movimento popular rural e 5 grupos fora de classificação.

PRÉ-AVALIAÇÃO
Tanto a Marcha do dia 18 quanto o Encontro do dia 19 foram atividades que podem ser consideradas, em linhas gerais, vitórias da classe trabalhadora. O SINASEFE, portanto, acertou em cheio ao convocar os eventos e participar, junto com suas bases, dos mesmos - que podem ser um "divisor de águas" histórico a depender do que venha a se suceder daqui por diante.
O sucesso ou insucesso da tentativa em construir a "vida da classe trabalhadora" no cenário de crise política depende da continuidade do que foi iniciado ontem (18/09) e hoje (19/09). A depender do fôlego e entusiasmo dos participantes, podemos sugerir que o cenário conjuntural da luta de classes no país vai ganhar um "novo protagonista" e desfazer a dicotomia "governo federal versus oposição conservadora".
A 136ª PLENA, convocada para amanhã (20/09) também em São Paulo-SP, delineará uma avaliação precisa e oficial das bases do SINASEFE. Fique atento à cobertura e transmissão ao vivo do nosso fórum!

RELATÓRIO
O relatório do Encontro Nacional foi disponibilizado pela secretaria da CSP-Conlutas no dia 1º de outubro. No documento, com oito páginas, estão a lista das entidades e organizações que estiveram presentes ao evento; o Manifesto/Declaração Política aprovada na plenária final; relatórios aprovados nos setoriais; moções; dentre outros textos. Baixe o documento na íntegra, em formato PDF, clicando aqui.

COBERTURA
Confira abaixo, em ordem cronológica, as peças da cobertura ao vivo publicadas em nossa fanpage do Facebook. Veja também o álbum de fotos do nosso site!
LEIA TAMBÉM